David Camelô: O empresário que passou de 12 para 120 mil reais por mês

Num dos comentários do artigo sobre o que Cristiano Ronaldo pode ensinar-nos sobre empreendedorismo, um leitor deu-me a conhecer uma história bastante fascinante, de um empresário brasileiro que conseguiu transformar 12 reais num salário de 120 mil reais por mês. Ao contrário do que possa pensar, não estou falando sobre esquemas de enriquecimento rápido ou empresas multinível que prometem enriquece-lo em poucos dias. Estou falando de David Portes, mais conhecido por David Camelô, um empresário brasileiro que fez sucesso a partir de uma situação bastante curiosa.

No fim do anos 80, este futuro empreendedor estava desempregado e vivia nas ruas, juntamente com a sua mulher, que estava grávida de oito meses. Nessa altura, David Portes pediu 12 reais a um amigo para conseguir comprar um remédio para a sua esposa. No caminho para a farmácia, David decidiu comprar doces para depois revender, de forma a conseguir mais dinheiro. A ideia deu certo: David conseguiu transformar os 12 reais em 24, comprou o remédio e a partir daí iniciou o seu próprio negócio. Ele foi dobrando constantemente o seu capital, até que montou uma pequena barraca. A partir daí, começou a ganhar cada vez mais dinheiro: atualmente dá mais de 15 palestras por mês e tem várias franquias. Mesmo assim, continua trabalhando naquela barraca de Camelô, onde tudo começou.

David Camelô

A HISTÓRIA DE DAVID PORTES

Mas nem tudo foi sucesso na vida deste empresário de sucesso. Enquanto morava na rua, David Portes era portador de cana, em Campos. Contudo, David sabia que para sair daquele estilo de vida ele precisava de alterar alguma coisa. “Eu tinha que sonhar, eu tinha que ter um objetivo. Já casado fui em busca desse sonho”, referiu o futuro empresário. Para isso, mudou-se para o Rio de Janeiro. Lá, ainda conseguiu alguns trabalhos como motorista na empresa Puligram e esse dinheiro serviu para alugar um barraco na favela da Rocinha. Contudo, passado alguns meses essa mesma empresa acabaria por despedir David Portes. “É o que eu falo sempre: empresa que não sabe orientar talentos, está condenada ao fracasso”, afirmou em tom de brincadeira o empreendedor brasileiro.

Com a mulher grávida, David Portes começou a ficar sem dinheiro. Mas nem as dificuldades fizeram-no pensar em retornar para Campos. “Eu tinha vindo em busca de um sonho. Eu precisava de ser persistente, de ter atitude. Passei frio, passei fome, mas nunca desisti do meu sonho. Deus me colocou em prova. Eu estava ali, vulnerável. Muitas pessoas do mundo da droga tentaram me aliciar”.

O PASSADO

David Portes desde muito cedo esteve ligado ao marketing. Ainda quando era pequeno, além de trabalhar como cortador de cana, este empresário também ajudava o seu irmão a vender laranja durante o final de semana. “Eu ia sempre com o meu irmão mais velho, o Batista. No final de todas as vendas, ele chegava para mim e dizia para dividirmos essas vendas em três partes. A primeira, era para repor as mercadorias. A segunda, servia para gastarmos com as nossas necessidades. E a terceira, guardávamos. Isto porque, tal como ele afirmava, tudo aquilo que for gasto de forma desnecessária jamais irá voltar”.

David foi aplicando este princípio nos seus negócios. No fim do primeiro ano da sua banca, ela já tinha 320 artigos para venda. Mas mais do que isso, aquela terceira parte que o seu irmão lhe falava, tinha permitido, ao fim de 365 dias, retirar a sua mulher e o seu filho da rua. “Foi o dia mais feliz da minha vida”, relatou o empreendedor. “Sonhar só mesmo durante a noite. Durante o dia, nós temos de traçar as nossas metas e ir atrás dos nossos objetivos. Ter atitude, porque a vida só é dura para quem é mole”.

TÉCNICAS UTILIZADAS POR ESTE EMPRESÁRIO

Uma pequena pesquisa na internet, permite-nos ver que David Portes tem uma história de vida bastante interessante e que ele é realmente um caso de sucesso, de uma pessoa que saiu do zero e conseguiu triunfar no mundo dos negócios, vendendo algo simples como doces. Mas afinal, o que diferencia o “Camelô do David” das outras milhares de barracas que estão no Brasil? Na verdade, David Portes é o que está por trás de todo este sucesso. Ele soube, desde o início, antecipar as tendências do mercado.

Desde muito cedo, ele fez ofertas para os seus clientes com o objetivo de criar uma base de dados, algo que ele considerou imprescindível. “Só assim poderia saber o que ele quer e o que ele não quer. Enfim, dá para trabalhar muito bem a pós-venda. Isso é investimento. Muitas pessoas diziam que eu não iria aguentar financeiramente. Eu sabia que hoje estaria dando um passo para trás, mas que amanhã estaria dando milhões de passos para a frente. O marketing de boca a boca começou a funcionar muito bem”.

Outra das formas que David Portes teve para inovar o seu negócio foi a entrega de doces no carro do cliente. Ele apenas precisava de parar a viatura, fazer o seu pedido e o colaborador entregava o doce sem o cliente precisar de sair do carro. “O cliente é o nosso rei. Nós temos que dar a ele o menor trabalho possível”. Esta campanha teve o seu primeiro grande resultado quando um jornalista utilizou o serviço. “Ele pediu oito reais. Aí eu acabei oferecendo dois cupões. O jornalista ficou surpreendido porque pela primeira vez estava vendo um camelô fazendo marketing. No entanto, eu nem sequer sabia que ele era jornalista. Ele perguntou o meu nome e eu fiquei sem perceber porquê. No dia seguinte, vários clientes chegaram com um jornal na mão mostrando a reportagem. Naquela coluna só saia gente da alta sociedade e de repente saiu um camelô. Aí começou a chegar a Globo, a Bandeirante e outras televisões. Estava dando a minha primeira coletiva!”.

David Portes baseia-se, principalmente, em alguns princípios para conseguir fazer sucesso no seu negócio. O primeiro é ser verdadeiro. Sei que este conselho pode parecer muito cliché, mas a verdade é que muitos vendedores concentram-se apenas em vender e ficar esperando o dinheiro do cliente. Como pode ver no video que mostramos mais acima, David Portes está sempre com um sorriso no rosto. Certamente, você se lembrará de algum vendedor que tenha ficado na sua memória. A probabilidade de você regressar lá para fazer uma nova compra é muito elevada. Sei que enquanto freelancer isso é mais complicado, visto que muitos dos nossos clientes nós nem sequer visualizamos, mas poderá marcá-lo pela sua simpatia ou pela atenção que você dá à pessoa que comprou o seu serviço. “Um sorriso abre todas as portas..e as carteiras também!”.

DELIVERY: A CHAVE PARA O SUCESSO

Como puderam ver pelas declarações acima, David Portes sempre tentou estar um passo à frente da sua concorrência. Mas o seu principal destaque aconteceu com a criação do Delivery. Este empresário pretendia oferecer os seus doces na casa ou escritório dos clientes. Mas tinha um grave problema: naquela altura, os telefones eram muito caros. Para resolver esse problema, David decidiu começar a usar o orelhão que estava ao lado da sua barraca. Foi a uma empresa de marketing, mandou fazer uns cartões e a partir daí começou a fazer as vendas. “Foi um sucesso. Todo mundo ligava pedindo os doces. Mas como tudo na vida, começaram a surgir as primeiras dificuldades. Um concorrente me entregou à empresa que retirou os telefones de perto da minha barraca. Aí tive que comprar um telefone e criar o meu primeiro call center”.

No entanto, David ainda não estava satisfeito. Cada encomenda por telefone gerava cerca de 7 a 8 reais e ele pretendia aumentar esse valor. “Então tive uma ideia e criei várias promoções. A que fez mais sucesso foi a ‘Quanto mais ligar mais chances você tem de ganhar’. Com isso, as pessoas começaram a pedir uma maior quantidade, aumentando as vendas médias. Posso perder dinheiro com essa pessoa, mas também é importante ver quantas pessoas não passaram comprando mais só para tentar ganhar? Compensa claramente! É só encantando que você fideliza”.

CONCLUSÃO

Como é óbvio, a ideia de passar de “12 reais para 120 mil por mês” poderá fazer parecer a história de David Portes como algo muito simples, o que perde qualquer sentido depois de uma análise mais profunda. O seu passado, no qual aprendeu a vender com o seu irmão, foram um excelente princípio para começar a aprender alguns segredos. Mas desde o início deu para reparar que David não era qualquer um: mudou de cidade para conseguir um sonho e foi atrás daquilo que pretendia. Teve dificuldades que fariam qualquer um desistir nos primeiros meses. Mas este empresário foi persistente e contou com um golpe de “sorte”, típico de quem sabe aproveitar uma oportunidade. É claro que aqueles 12 reais poderiam ter se tornado em mais fracasso, caso David não tivesse conseguido multiplicar as suas vendas.

Depois disso, foi crescer de uma forma inteligente e sustentada. Sempre muito controlado financeiramente, David Portes soube utilizar estratégias de marketing que estavam um passo à frente da sua geração. Inovou nas formas de entrega, fez promoções, mas acima de tudo, soube cativar o seu cliente com um sorriso. Esta “vida”, que David dá a cada a venda é, a meu ver, a sua principal arma para o sucesso. Num mundo em que todos estão preocupados em conseguir aumentar o número de clientes, este empresário faz com que qualquer um fique surpreendido.

Transportando estes métodos para o negócio de freelancer, podemos retirar aqui várias conclusões. A primeira é que devemos cuidar de todos os nossos clientes com muito carinho. Sei que muitas vezes estará preocupado em fazer as suas tarefas o mais rápido possível – afinal de contas você recebe por hora – mas lembre-se que, a longo prazo, o seu negócio depende muito dos clientes que conseguir agradar e que façam o tão conhecido boca a boca. E para isso é necessário atenção e tratá-los de forma única.

Por outro lado, já referi aqui muitas vezes no blog que o freela deve criar um blog. No fundo, você estará fazendo o mesmo que o David Portes: oferecendo algo aos seus clientes de forma a fidelizá-los. Ao escrever artigos, terá publicidade grátis e poderá poupar vários reais. Além disso, poderá sempre escrever um ebook e pedir em troca do download do livro o email. Tal como este empresário fez ao início, através das promoções. Se você gostar de mais histórias de empresários, aconselho que dê uma olhada nestes artigos:

Espero que a história de David Portes tenha sido bastante interessante para si e que o ajude e ganhar outras noções de marketing, principalmente a longo prazo.

Abraço e até já!

Artigos
Relacionados

Comentários (25)

Gostou desse artigo?

Partilhar Comentar

  • Alberto

    Olá, Blogueiro, você narra que "No fim do anos 80, este futuro empreendedor estava desempregado e vivia nas ruas, juntamente com a sua mulher, que estava grávida de oito meses. Nessa altura, David Portes pediu 12 reais a um amigo para conseguir comprar um remédio para a sua esposa"

    Por favro, corrija essa informação, pois não existia a moeda REAL no final dos anos 80 no Brasil.
    No máximo, esse empreendedor conseguiu o equivalente a"12 reais" em Cruzados, a moeda que passou a vigorar a partir de 1986.

    16/07/2012

    Responder
    • Alberto,

      Quando falo em "final dos anos 80", é bem provável que seja depois de 1986. Mas isso foi apenas o que retirei das declarações do David, por isso presumo que ele esteja falando em reais mesmo =)

      Abraço

      17/07/2012 Luciano Larrossa

      Responder
      • Grato, Larrossa, por ambas as respostas aos comentários que fiz.

        E parabéns pelo Escola Freelancer, que sempre que posso tenho acompanhado, graças aos feeds que recebo por e-mail.

        20/07/2012 Alberto

        Responder
    • De fato, Larrossa, pensei que era um equívoco histórico ocorrido durante a elaboração do artigo, mas vendo parte da palestra, percebi que a intenção dele foi "meio" que "contextualizar" as suas reais condições financeiras para um público deste tempo.

      Grato de novo!

      20/07/2012 Alberto

      Responder
  • Weliton

    Excelente post Luciano, me surpreendi quando recebi o feed com o case do David, fico feliz que tenha gostado da indicação. As vezes nos prendemos as circunstâncias ao nosso redor e nos sentirmos limitados, não vai dar certo por causa disso e daquilo, o David foi totalmente ao contrario das expectativas e condições do cenário.

    Parabéns mais uma vez pelo trabalho.

    Abraço.

    16/07/2012

    Responder
    • Weliton,

      Eu que agradeço por ter dado a conhecer esta história fascinante. Certamente todos os leitores do blog também lhe estarão eternamente gratos =)

      Abraço

      17/07/2012 Luciano Larrossa

      Responder
  • Alberto

    Sem dúvidas, é uma história de sucesso, de verdade!

    Agora, quando ele fala do "David" ele está se referindo a ele mesmo? Será que não nota que esse tratamento de si próprio na terceira pessoa é sensivelmente ridículo.

    16/07/2012

    Responder
    • Alberto,

      Sim sem dúvida que isso não fica muito bem, mas não podemos esquecer que ele não teve qualquer formação profissional e por isso é de certa forma compreensível. Até durante a palestra, podemos ver que ele fala algumas palavras de um modo pouco correto..

      Abraço

      17/07/2012 Luciano Larrossa

      Responder
  • Lucianaweb

    Conheço a estória desse sujeito, e numa entrevista pediram um dos seus conselhos para quem quisesse vencer na vida, ele disse "ande, não fique parado, você durante a caminhada encontrar uma carteira cheia de dinheiro"

    O certo seria, que essa carteira cheia de dinheiro deveria ser devolvida. (antes que rebatam, eu entendi a analogia)

    Mas a partir desse dia EU não consegui ver nele um bom exemplo de pessoa ou estória de vida.

    Acredito que as pessoas deveriam ter mais cuidado em quem elas pegam para exemplo.

    16/07/2012

    Responder
    • Luciana,

      Não conhecia essa frase do David e isso não fará mudar a opinião que ganhei sobre ele. Pelo que consegui analisar no que li e vi, ele parece ser uma excelente profissional, apesar de algumas vezes exagerar no egocentrismo. Mas isso não retira o mérito da sua conquista =)

      Abraço

      17/07/2012 Luciano Larrossa

      Responder
  • Marcos vinicios

    Luciano, a necessidade é um grande aliado pra quem busca o sucesso, por que facilmente o David poderia comprar o Remédio para a Esposa mas a necessidade em querer mudar de vida fez com que ele fosse inteligente em percebe que é possível ganhar muito dinheiro a parti de R$12.

    16/07/2012

    Responder
    • Marcos,

      Como se diz aqui em Portugal: "A necessidade faz o ladrão". Ou seja, por vezes quando somos encostados na parede, desenvolvemos características que nem imaginávamos ter. Penso que esse foi o caso do David. Estando pressionado financeiramente, ele fez uma opção e por acaso deu certo, como poderia ter dado muito errado. Mas com também referi no artigo: o sucesso dele surgiu porque ele teve sorte, mas também foi uma pessoa inteligente lidando com essa mesma sorte. Faz parte!

      Abraço

      17/07/2012 Luciano Larrossa

      Responder
  • Camilo Aparecido

    Adorei a história de vida do David, persistência, perseverança e organização são as principais coisas que levam você ao sucesso.

    17/07/2012

    Responder
    • Camilo,

      Sem dúvida. O David é um exemplo e devemos ver a vontade e o querer dele como um espelho para a nossa vida futura!

      Abraço

      17/07/2012 Luciano Larrossa

      Responder
  • Felipe Trombini

    Essa história é uma das minhas favoritas, e mostra como a inovação pode ser aplicada nas mais diversas áreas. Até em um nicho que é comumente considerado saturado houve espaço para inovação e criatividade.

    Ótimo tópico...

    25/07/2012

    Responder
  • Vera Golbi

    Ótimo artigo!

    Eu já tinha assistido uma reportagem aqui no Brasil sobre a vida dele.
    Fantástico o que ele fez com 12 reais, isso sim é ser perseverante e ir atrás do sonho.
    A estória deste homem é uma lição de vida.

    Abs!!

    08/08/2012

    Responder
    • Vera,

      Sem dúvida alguma que é uma excelente lição de vida! Que ele seja uma inspiração para todos nós! =)

      Abraço

      09/08/2012 Luciano Larrossa

      Responder
  • Juliano Abrahão

    Caro Luciano,

    A história desse brasileiro é extraordinária.
    Tenho visto alguns de seus vídeos ultimamente e visto quão simples ele é e ao mesmo tempo quão acima da média são seus resultados.

    Parabéns por abordar a história de um vencedor e ser humano inestimável.

    Paz, Saúde e Sucesso.
    Até breve.

    17/12/2012

    Responder
  • Douglas Oliveira

    Esta história linda de vida se encaixa perfeitamente ao tipo de atitude que seria interessante à nós, freelancers, portarmos e absorvermos às nossas vidas e trabalho.

    A lição sobre a venda das laranjas e a divisão do valor resultado dessa venda foi espetacular.
    Me valeu o dia este artigo e este vídeo!

    Obrigado por compartilhar material tão humano e nobre conosco, Luciano!

    Grande abraço.

    29/12/2012

    Responder
  • Nilson Ferreira

    Extraordinária a vida do David.É inspiradora ! Não importa se ele emprestou 12 reais, cruzados, dolar ou euros; se ele fala" nóis vai" e" nóis fica", o que vale é sua garra, iniciativa, arrojo, criatividade..., se está de sapato de cromo ou chinelo de dedo, sem estas coisas,...tchau!
    Excelente apresentação, foi motivante.

    18/01/2013

    Responder
  • Alexandre

    Simplesmente fantástica, a história de vida desse homem!
    Que isso sirva de exemplo para muitos que colocam a culpa na "falta de oportunidades" para justificar a falta de interesse em crescer e até mesmo fazer coisas piores, tais como, roubar, sequestrar, etc.
    Eu tive a oportunidade e o prazer de assistir uma palestra do David Camelô! Simplesmente GENIAL!!!!

    24/01/2013

    Responder
  • Josimar Alvaro Santos

    Caro Luciano

    Tenho uma pequena revista e gostaria muito de publicar seu texto. Claro que eu daria todo o crédito, assinando seu nome na matéria.

    Aguardo sua resposta

    Abraço

    Alvaro Santos

    02/05/2013

    Responder
  • Miriane Simões

    O correto é a história dele...e não a estória.... Afinal ela existiuuu!!

    14/05/2014

    Responder
  • Nilson santos

    Gostaria de saber mais a respeito

    14/09/2014

    Responder
  • Jose Nilton

    Interessante a história dele, porém, vale salientar que ele arriscou, pois deixou de comprar o remédio da esposa gravida de oito meses que poderia ser grave ou não... Bom ele conseguiu vender os doces e dobrou, mas se ele não tivesse tido o êxito na venda.. e se a esposa na suporta-se aguardar a venda e a compra do remédio. Pois imagino se ele pediu o dinheiro emprestado pra compra de remédio era urgente. Mas antes que retrucam que sou dramático, foi apenas um comentário, que ele arriscou, e claro na vida tudo é um risco...

    03/10/2016

    Responder

Deixe seu comentário

Seu Gravatar

Rede Escolas Plus

  • Psicologia

    Artigos sobre Psicologia, Motivação e muito mais, de uma forma prática e simples que lhe permitem melhorar a sua vida pessoal e profissional.

  • Criatividade

    Melhore a sua Criatividade através de tutoriais de desenvolvimento web, webdesign, dicas de inspiração, e muito mais.

  • WordPress

    Torne seu WordPress numa verdadeira máquina com nossos artigos, templates exclusivos, plugins e tutoriais totalmente em português.

  • Dinheiro

    Aprenda como ganhar dinheiro na internet com sites e blogs, usando anúncios do Google, Programas de Afiliados, Email Marketing e muito mais.

  • Apostas

    Gostava de ganhar dinheiro com seus palpites sobre esportes? Siga nossos tutoriais e dicas sobre como fazer apostas esportivas.