Os diferentes tipos de textos de um tradutor freelancer

O sonho de qualquer freelancer candidato a tradutor, em síntese, é: tomar coragem, captar bons clientes, sair por aí traduzindo e, se possível, viver somente disso. Mas, uma vez que estamos dentro, nos deparamos com desafios bem complexos, que não estavam nos nossos planos quando sonhamos com isto pela primeira vez. Um destes desafios tem a ver diretamente com a nossa matéria-prima: os textos. Ou melhor: a grande variedade de tipos de textos que encontraremos pela frente.

Muitos pensam que o trabalho do tradutor freelancer consiste somente em receber o texto original do cliente, adaptá-lo ao idioma destino, entregar o projeto e receber o pagamento por isto. Seria ótimo se fosse tão fácil assim! Porém, o que muitos ignoram, ou não dão a merecida atenção, é o fato da maioria destes textos serem diferentes, tanto na sua natureza quanto na sua estrutura e linguagem. Em grande parte, isto depende do assunto e dos termos específicos com os quais estes textos foram construídos. Para que uma tradução possa considerar-se fiel, o tradutor deverá conhecer muito bem o universo sobre o qual o texto foi escrito. Por exemplo: A linguagem utilizada em um texto técnico de informática não é a mesma utilizada em um texto de medicina. Concorda? Cada texto possui suas características próprias e seus termos específicos que, em várias ocasiões, somente quem atua naquela área pode conhecê-los perfeitamente e traduzi-los com propriedade.

Se quiser a trabalhar como tradutor freelancer e não sabe o que fazer, aconselhamos que dê uma olhada neste e neste artigo

Tanto é assim, que o perfil dos tradutores do início do século 20 era de profissionais aposentados, que se restringiam a traduzir os textos específicos da área na qual havia dedicado a maior parte da sua vidas, por exemplo: Médicos traduziam textos de medicina; Engenheiros traduziam manuais técnicos e instruções; Cientistas traduziam textos científicos; Escritores traduziam textos literários; e assim por diante.

tipos de texto de um tradutor freelancer

É exatamente neste ponto que a coisa se complica para o tradutor moderno que, na maioria dos casos, são pessoas que viveram por muito tempo num país estrangeiro, e aprenderam a dominar perfeitamente um segundo idioma. Neste caso, conhecer bem um idioma não é suficiente. Será necessário ter à disposição várias ferramentas de pesquisas, como: dicionários específicos; fontes confiáveis na Internet; diálogos frequentes com o cliente, para tirar as dúvidas que surgirem sobre algum termo específico utilizado no texto; e bons contatos com outros tradutores mais experientes.

Este é o contexto sobre o qual este artigo foi construído. Nele, vamos tratar de destacar alguns tipos de textos, dando uma breve explicação sobre as estruturas e os tipos de linguagens que o tradutor poderá encontrar.

ALGUNS TIPOS DE TEXTOS DE UM TRADUTOR FREELANCER

A sociedade humana distingue diferentes tipos de textos cada um segundo as práticas discursivas. Esse critério permite diferenciar, por  exemplo, uma ordem militar de um anúncio publicitário ou uma conversa telefônica de um sermão na igreja. De acordo com esse critério, podemos fazer uma classificação convencional dos textos da seguinte forma:

Textos  científicos

São aqueles produzidos na comunidade científica, com a intenção de apresentar ou demonstrar os avances produzidos pela investigação. Alguns exemplos são a Tesis Doutoral,  Memória de Licenciatura, o Artigo científico ou a Monografia científica.

Textos administrativos

São aqueles que se produzem como meio de comunicação entre o individuo e uma  instituição ou entre instituições. São textos altamente formalizados, com estruturas rígidas e, frequentemente, possuem uma enunciada função performativa. Como exemplos estão os comunicados oficiais, cartas comerciais, os boletins, os certificados, a saudação, a instancia ou uma nota oficial.

Textos jurídicos

São textos produzidos no contexto do processo de administração da justiça. É amplamente utilizados pelos fóruns, escritórios de advocacia, gabinetes políticos, delegacias ou órgãos públicos. Exemplos de textos jurídicos são: os contratos, as intimações, as sentencias, os recursos e as leis.

Ebook - Ser Freelancer

Textos jornalísticos

Consiste em todos os  textos susceptíveis a aparecer no contexto da comunicação jornalística.  Dividem-se em Gêneros Informativos (que têm a função de  transmitir uma determinada informação ao leitor) e Optativos (que  valorizam, comentam, e julgam as informações desde um ponto de vista do  jornalista ou da publicação). Exemplos: Comunicados de imprensa, textos produzidos para a mídia escrita ou áudio visual, artigos para blogs, etc. Outra característica do texto jornalístico é que tem única função de informar algo sem a intenção de modificar a situação.

Dica: se quiser saber um pouco mais sobre jornalismo, leia este post sobre 8 dicas para quem vai fazer uma reportagem.

Textos literários

Se  classificam como textos literários todos aqueles que manifestam a função poética, seja como elemento fundamental (como a poesia) ou  secundário (como os determinados textos históricos ou didáticos.) São de gêneros literários a poesia, a novela, a história e os relatos (incluindo os mitos), entre outros. Popularmente, formam parte dos textos literários as ficções, romances, auto ajuda e literatura infantil como os contos de fadas, por  exemplo,

Textos publicitários

Não podem ser confundidos com os textos jornalísticos, pois trata-se de um tipo de texto especial, cuja função é a de convencer o leitor acerca das qualidades de um bem de consumo, e incitá-lo a aquisição deste bem. A necessidade de atrair a atenção do leitor faz com que o texto publicitário empregue, geralmente, recursos como: a combinação de  palavras e de imagens, jogos de palavras, expressões de duplo sentido, slogans ou tipografias chamativas. O Gênero publicitário, fundamentalmente, é o anuncio.

Textos digitais

As novas  tecnologias tem provocado a aparição de novos tipos de textos que não existem no mundo análogo e que apresentam suas próprias características.  Alguns exemplos desses tipos de textos são encontrados nos blogs, e-mails, nas redes sociais, nos SMSs, nos chats  ou nas páginas de qualquer site. Estes textos, também podem caracterizar-se de acordo com função que cumprem na comunicação.

Texto diretivo

Geralmente, este tipo de texto está inserido no ambiente administrativo, e incita, ou ordena, ao receptor a realizar alguma ação.

Texto expressivo

Este é o tipo de texto que alguém lê e não esquece facilmente. Isto não se deve a uma memorização meramente mecânica, mas sim pelo fato de que o texto é bem elaborado e prende a atenção de quem o lê do começo ao fim. Desta forma, o leitor é capaz de recontar com suas palavras o texto lido. Quando o leitor é capaz de exprimir com palavras o que leu, trata-se, portanto, de texto expressivo. Em síntese, o texto expressivo revela a subjetividade do falante.

Não perca nenhum artigo sobre Freelancer

Insira aqui o email para receber gratuitamente estratégias para melhorar a sua carreira de freelancer

Texto narrativo

A narração é um tipo de texto pelo qual se contam fatos reais ou  imaginários. Ao abordar a análise dos textos narrativos, faz-se necessário estudar: a história e as ações que a compõem; os personagens que a levam a cabo; o tempo e o espaço onde se desenvolve a história; como ser ordenam todos estes elementos; e de qual ponto de vista eles são relatados. A narração, sobre tudo nos textos literários, costuma estar entrelaçadas com o diálogo e com a descrição, dando lugar a textos complexos e com diferentes sequências.

como traduzir textos

Textos descritivos

Se por um lado, a narração é uma modalidade textual que apresenta fatos sucessivos no tempo, por outro, a descrição consta de características de um objeto de forma estática e sem transcurso de  tempo. O objeto do texto deve entender-se, nesse caso, um sentido mais  amplo, ou seja, abrange a qualquer realidade humana ou não, concreta ou abstrata, real ou fictícia. Todo o que é imaginável é descritível. Dentro dos textos descritivos podemos encontrar os:

  • Textos científicos: Que já foi mencionado acima. Sua  finalidade é mostrar o procedimento para realizar uma investigação ou uma experimentação, ou os resultados de experiências e investigações anteriores.
  • Textos técnicos: Mostram os  componentes, a forma e o funcionamento de qualquer tipo de objeto ou conjunto de objetos, como: uma máquina, uma lâmpada, um computador, etc.; ou uma criação artística ou instrumental, como: pintura, escultura, esportes, medicina, etc. Entres os textos técnicos mais populares estão: os manuais de  instruções de uso e montagem de aparelhos; as receitas de cozinha; os  prospectos de medicamentos, entre outros.
  • Textos sociais: Oferecem dados  sobre o comportamento das pessoas e instituições. São do tipo prescritivo.
  • Texto argumentativo: Trata-se  do tipo de textos nos quais se apresentam as razões a favor ou em contra de determinada posição ou tésis, com o fim de convencer ao interlocutor. Trata-se, de maneira fundamental, mas não exclusivamente, de:  juízos de valor e apreciações positivas ou negativas acerca de algo exposto (bom ou mau, feio ou bonito, válido ou inválido, adequado ou  inadequado). O discurso argumentativo é próprio do ensaio e da crítica em geral. Alguns exemplos típicos de textos argumentativos são: um discurso político ou um artigo de  opinião.
  • Texto expositivo: Diferentemente da argumentação, o texto expositivo não tenta convencer, mas sim mostrar que a diferencia abstrata nem sempre é tão evidente nos textos concretos. Por isso mesmo,  muitas vezes se fala em textos expositivos-argumentativos. Exemplos típicos de textos expositivos são os textos científicos. A finalidade desses textos é a de informar.
  • Texto informativo: Um texto  informativo é aquele pelo qual se apresentam de forma neutra e objetiva  determinados fatos ou realidades. Não podem ser confundidos com os textos puramente jornalísticos, ainda que sejam correlatos. Existem pelo menos dois tipos de textos informativos: Os primeiros são os textos de divulgação, também conhecidos como  informativos: É o tipo de texto expositivo que vai dirigido a um público amplo que usa informação pouco específica e de formato formal,  quer dizer, nem técnico nem especializado. Podemos encontrá-los em notas, livros de textos, enciclopédia, análises, conferencias, coleções,  etc.

Os segundos são os textos especializados, também conhecidos como texto argumentativo: É o  tipo de texto especializado que está dirigido a um público específico de uma área de conhecimento determinado, que requer ou usa um tom especializado e de informação técnica. Os encontramos em informes,  leis, artigos de investigação cientifica, etc.

As características dos textos  informativos são as seguintes:

- Informação clara e objetiva sobre um tema de interesse geral.

- Vai dirigida a um público maioritário.

- É de fácil compreensão.

- Utiliza um vocabulário estandardizado.

- Possui objetividade.

As características dos textos  especializados:

- Informa um tema bem concreto.

- Vai dirigida a um receptor experto no conteúdo tratado.

- Resulta ser de difícil compreensão para que não conhece o tema.

- Usa uma terminologia específica.

Paralelo aos tipos textos expostos neste post existem muitos outros, que variam no aspecto idiomático, cultural, racial e ideológico, como por exemplo os textos religiosos ou ancestrais. Por isso, a vida de um tradutor nem sempre é fácil. Mas ainda assim, continua sendo uma ótima escolha profissional!

Artigos
Relacionados

Comentários (0)

Gostou desse artigo?

Partilhar Comentar

Deixe seu comentário

Seu Gravatar

Rede Escolas Plus

  • Psicologia

    Artigos sobre Psicologia, Motivação e muito mais, de uma forma prática e simples que lhe permitem melhorar a sua vida pessoal e profissional.

  • Criatividade

    Melhore a sua Criatividade através de tutoriais de desenvolvimento web, webdesign, dicas de inspiração, e muito mais.

  • WordPress

    Torne seu WordPress numa verdadeira máquina com nossos artigos, templates exclusivos, plugins e tutoriais totalmente em português.

  • Dinheiro

    Aprenda como ganhar dinheiro na internet com sites e blogs, usando anúncios do Google, Programas de Afiliados, Email Marketing e muito mais.

  • Apostas

    Gostava de ganhar dinheiro com seus palpites sobre esportes? Siga nossos tutoriais e dicas sobre como fazer apostas esportivas.