10 passos para criar uma marca de destaque no mercado

Qualquer freelancer ou empreendedor, tem a necessidade de criar uma marca com a qual os clientes se identifiquem. Quando você vai comprar um produto da Apple, por exemplo, já sabe o que pode esperar: um bom design, poucos problemas e um preço de certa forma elevado para o mercado. A isto chama-se criar uma marca. Mas não são só as empresas que vendem produtos a nível mundial que necessitam de criar esta imagem. Qualquer pequeno empreendedor, freelancer ou blogueiro a full-time, necessita de saber criar uma marca que se destaque no mercado.

Vejo muitos sites a começarem o seu negócio sem sequer terem essa preocupação. Nomes de blogs como por exemplo “comoganhardinheirofácilnainternet” ou “rendaextraja” deitam rapidamente por terra quaisquer hipóteses de esse site vir a ter sucesso no futuro. Caso queiram criar uma marca, terão que rapidamente alterar o seu nome e todo o branding que está associado a esse site. É um trabalho extra, que poderia facilmente ter sido evitado caso tivesse sido realizado um plano de negócios eficaz logo ao início.

PENSE NA CONSTRUÇÃO DA MARCA DESDE O PRIMEIRO DIA

Uma das característicos que diferenciou o Steve Jobs de muitos empresários pelo mundo fora era que ele não gostava de lançar um produto enquanto este não estivesse na perfeição. A mesma atitude deve ser adoptada quando o assunto é a criação de uma marca. Criar um produto ou começar um negócio de freelancer sem que tenha reunidas as condições para começar a criar um conceito, pode ser a ruína do seu projeto.

É certo que um freelancer poderá começar o seu trabalho a part time e, com o tempo, começar a investir em algo a full time. Mas quando o fizer, necessita de estar preparado para enfrentar os clientes e conseguir oferecer um serviço que tenha a máxima qualidade. Mas para isso, é preciso seguir alguns dos conceitos que vou explicar de seguida.

marcas

1. CUIDE DA SUA IMAGEM

Quando olhamos para o símbolo da Coca-cola ou da Nike, associamos imediatamente essa imagem visual ao produto em si. Isso acontece porque o logótipo dessas marcas são algo único e que agradam aos olhos de quem os vê. São simples e de fácil percepção. Se está pensando em iniciar um negócio de freelancer, esqueça o “João Fernandes freelancer”. Tente, antes disso, criar uma marca em vez do seu nome pessoal. Dá uma imagem mais profissional do seu trabalho. No Brasil e em Portugal ainda não existe muito esse hábito, mas no Estados Unidos já começam a surgir empresas, que muitas vezes são geridas por um só freelancer, mas que comunicam com os clientes como se de uma marca se tratasse.

É claro que o seu nome estará sempre associado a essa marca, como fundador da mesma. Mas o nome pessoal deve sempre estar em segundo plano. Nós conhecemos o Pete Cahsmore como o fundador do Mashable e nunca o “Pete Cahsmore como produtor de conteúdos da Mashable”. Esta associação acontece porque ele criou uma imagem na cabeça dos leitores do site.

Ainda falando da imagem, outro dos pontos que gostaria de realçar é o descuido que muitos empresários têm com a imagem do seu negócio. Mandam fazer um logótipo, o mais barato possível, e pensam que já estão criando uma identidade. Mas quem fala do logótipo fala também do design de um site ou da imagem de uma página de fãs do Facebook. Tudo conta na hora de conquistar os seus clientes pela imagem. Sites como o Logovia podem ser uma boa opção para quem está começando. Mas lembre-se: quanto menos dinheiro quiser investir na sua imagem, menor qualidade terá por parte do designer.

2. TENHA PACIÊNCIA

Criar uma marca é algo que demora tempo. Mas quando falo em tempo não estou falando de meses, estou sim falando de anos ou por vezes décadas. O problema é que o fator “paciência” é escasso na cabeça dos grandes empresários. Pretendem criar um produto e com apenas alguns meses, já estão criando slogans do género “o melhor produto do mercado” ou “muitos clientes já ficaram satisfeitos”. Tenha calma! A criação de uma marca é algo demorado, que exige tempo e um vasto investimento. Acima de tudo, seja sincero com o seu cliente.

3. A IMPORTÂNCIA DA COMUNICAÇÃO

Para se criar uma marca, a comunicação é essencial. Esse é um dos pontos que tenho melhorado e percebido com a criação de novos projetos. É certo que quando um produto tem muita qualidade, o boca-a-boca trata de “fazer” publicidade por si. Mas o problema é que 99% dos produtos não são assim tão bons, pelo que a propaganda torna-se essencial para dar a conhecer a sua marca quando ela está no início.

Quando está a começar uma empresa, invista em publicidade. Ainda há pouco tempo, encontrei uma frase de Henry Ford que dizia “Se eu tivesse um único dólar, investiria em propaganda”. Esse deve ser o espírito de alguém que pretenda criar uma marca notável. E não venha com a desculpa de que apenas irá fazê-lo quando já tiver mais experiência ou o seu blog tiver mais conteúdo. Se iniciou o seu negócio, é porque acredita que ele está 100% preparado para entrar no mercado. Então, o momento de investir em publicidade é o primeiro dia.

Mas porquê a publicidade é tão importante? Essencialmente, poupa-lhe tempo. Se quer chegar às 500 vistias por dia no seu blog, sem publicidade talvez demore um ano. Com publicidade, esse período pode ser reduzido para metade.

4. CRIE UM CONCEITO

Pensar em criar uma marca é sinónimo de criar um conceito. É dar aos clientes algo que eles já esperam. Nós nas Escolas Plus, temos o conceito de ensinar às pessoas a melhorarem naquilo que fazem. Por isso, cada artigo deve ser útil para os leitores e ajudá-los em algo nas suas vidas. Se um post nosso não fizer isso, mais vale não ir para o ar até que consigamos escrever algo mais interessante. Dessa forma, criamos um conceito: os leitores já sabem que vão aprender algo em cada artigo nosso.

Quando quiser criar uma marca, crie expectativas aos seus clientes. Como freelancer, princípios como “serviço de qualidade” ou “o serviço mais rápido do mercado” podem ser bastantes interessantes para destacar-se dos seus concorrentes e criar um conceito. Mas para perceber se tem uma ideia criada na cabeça dos seus clientes, faça esta pergunta a si mesmo: “Qual é o conceito da minha empresa/blog/serviço de freelancer?”.

5. NÃO DESAPONTE OS SEUS CLIENTES

Depois de criar um conceito, é importante que siga à risca essa mesma ideia. Se você prometeu um site que tem conteúdo de qualidade e que será atualizado todos os dias, ele precisa inevitavelmente de ser cumprido! Os seus leitores não querem saber se você está doente ou se ficou horas a mais na cama. É que criar um hábito demora muitos anos, mas para perdê-lo basta apenas um erro. Desta forma, você precisa de pensar muitas vezes antes de prometer algo que depois poderá não cumprir.

Outra das estratégias que poderá utilizar é a de prometer algo que você ainda não sabe se vai dar certo, mas que irá se esforçar para que isso aconteça. No meu caso, quando comecei a escrever para a Escola Freelancer, prometi que escreveria em média um artigo por dia. Mas a verdade é que eu não fazia a mínima ideia se o conseguia fazer, visto que nunca tinha escrito para blogs. Mas essa meta duvidosa obrigou-me a melhorar a organização e a conseguir encontrar tempo para escrever. Não interessava se estava com muito trabalho no jornal ou se tinha dormido pouco: o artigo tinha de aparecer no blog.

Como pode ver, por vezes a criação de um conceito pode levar a que melhore enquanto profissional. Mas tenha cuidado, pois nem todas as pessoas têm força de vontade e disciplina pessoal para fazerem mudanças tão bruscas no seu dia-a-dia. Criar um conceito para ganhar sentido de responsabilidade pode ser uma boa técnica, mas que muitas vezes não resulta.

imagem marca

6. ESCOLHA O NOME CORRETO

Logo no início do artigo, dei exemplos de nomes que jamais devem ser adaptados a um negócio. Já falei no nosso artigo sobre como escolher o nome para a sua empresa algumas considerações que deve ter. Por esse motivo, não me vou alongar muito nesse ponto e vou apenas resumir algumas dicas. Se quiser saber um pouco mais, lei o nosso texto clicando aqui:

  • Deve ser curto
  • De fácil oralidade
  • Diferente de toda a concorrência
  • Não deve usar nomes comuns (por ex. ganhardinheiro)
  • Fácil de decorar

7. UMA MARCA NECESSITA DE HISTÓRIA

Para que uma pessoa consiga confiar numa marca, ela necessita de, pelo menos, saber que ela tem uma história. Quando falamos em Apple, associamos imediatamente ao seu fundador ou a um computador que vimos num filme. Isso acontece porque esta é uma empresa com história e que tem algo para contar aos seus clientes. A única hipótese de você se ter uma marca de sucesso em pouco tempo é ter um produto inovador. Caso contrário, terá sempre de ser paciente e ter uma história para contar.

8. DEFINA O SEU PÚBLICO-ALVO

Ao criar um negócio próprio, é importante que saiba para quem está a vender esse produto. É para homens ou mulheres? Para pessoas que pretendem trabalhar em casa ou no escritório? Para jovens empresários ou para gestores experientes? Responder a todas estas questões também é algo essencial na criação de uma marca. Estes pontos vão condicionar a sua estratégia de comunicação, que como referi acima, é algo determinante.

No artigo sobre as estratégias para criar um plano de marketing, falei da importância do público-alvo, não só para si, mas também para conseguir fazer frente aos seus concorrentes. Suponha que está começando um site sobre vendas de carros. Mas após uma análise aprofundada no Google, você repara que o segmento de “carros baratos” tem muita concorrência. Esse pode ser o primeiro indício para perceber que esse segmento deve ser, inicialmente, deixado de parte. Quem sabe, apostar no sector “carros de luxo” passasse a ser uma forma interessante de driblar a concorrência.

9. ESCOLHA O SEU POSICIONAMENTO NO MERCADO

Antes de começar qualquer negócio, é importante saber que parte você quer ocupar no mercado. Com certeza, você terá concorrentes que trabalham nesse nicho há mais tempo. Esse motivo, faz com que você tenha obrigatoriamente de começar “por baixo”. Que fatia de clientes quero conquistar no meu primeiro ano? Suponha que defini como 10% do mercado uma meta razoável para os próximos 365 dias. A sua estratégia de comunicação terá sempre que ser direccionada para esse pequeno percentual.

Jamais poderá afirmar que é “líder do mercado”, mas poderá adoptar uma estratégia como por exemplo “o produto que vai revolucionar o mercado”. São perspectivas diferentes, mas que apenas podem ser adoptadas se você antecipadamente, definir o seu público-alvo. Dentro de cinco anos, quem sabe o seu slogan poderá ser o “líder do mercado”. Mas por enquanto, seja sincero com os seus clientes, até na sua comunicação.

10. TENHA ALGO ÚNICO

Há alguns anos, Portugal tem sido invadido por uma quantidade enorme de lojas chinesas. O que elas fazem, no fundo, é criar produtos idênticos a nível de design e vendê-los a um preço mais baixo. É muito comum vermos tênis semelhantes aos da Nike por fora, mas que na verdade têm uma qualidade inferior. Contudo, têm um preço mais baixo e por isso vai sendo suficiente para manter as lojas abertas.

Mas esse tipo de negócio tem um problema: jamais estas lojas serão capazes de criar uma marca. Isto porque elas copiam produtos de outras empresas. Quando olhar para um tênis deles, irei sempre associar à Nike e nunca à loja em que comprei. Esse mesmo cuidado você deve ter no seu produto ou serviço. Quando o fizer, tente ser inovador e destacar-se dos seus concorrentes. Faça uma análise ao que eles já têm e tente perceber onde eles estão falhando. Para ganhar algumas ideias interessantes, aconselho a leitura do artigo sobre como destacar o seu blog num nicho de mercado saturado.

E VOCÊ, COMO TEM CONSTRUÍDO A SUA MARCA?

Com estes passos, consegue ter uma ideia do que tem de fazer para ter uma marca de destaque no mercado. Apesar de ser algo que demora muito tempo a ser construído, apenas ela poderá ajudá-lo a permanecer no topo e fazê-lo vender produtos durante muitos e muitos anos.

E você, o que tem feito para construir uma marca? Tem seguido os princípios corretos?

Abraço

Artigos
Relacionados

Comentários (25)

Gostou desse artigo?

Partilhar Comentar

  • Arlindo Armando

    Construir uma marca de que fique na mente dos clientes não é algo la tão facil quanto parece. Essas grandes empresas a qual você citou possuem uma enorme equipe grafica por trás de cada nova propaganda, de cada novo mascote. É tudo minunciosamente estudado, para que no final algo tão simples e comum, se tranforme em algo mágico e que nos remete a marca em sí.

    Acredito que seguindo estes 10 passos descrito por você, Luciano, um freelancer logo terá uma marca onde seus clientes automaticamente vão se lembrar a quem pertence. Acho que ter uma história é sem dúvidas fundamental, todas as grandes marcas hoje possuem uma história longa e muitas vezes emocionante. Isso ajuda bastante, mas não quer dizer que se não ter uma história não terá uma marca de sucesso. O Facebook, por exemplo, fez sucesso em tão pouco tempo que nem percebemos.
    Ótimo artigo!!

    Abraços, Arlindo Armando

    12/03/2012

    Responder
  • Rick

    Ótimas dicas!

    13/03/2012

    Responder
  • EDIVALDO WELLER

    Parabéns... muito bom artigo(s), continue sempre assim, trazendo otimos artigos a população da web... muito grato por este blog existir... valeu

    15/03/2012

    Responder
  • Adelson (Gerenciando Blog)

    Olá, Luciano!

    Este é mais um ótimo artigo! Recentemente, escrevi um artigo similar no Gerenciando Blog, mais especificamente sobre como escolher um bom nome para um novo blog. Parece algo simples, mas muitos ainda fazem más escolhas que se arrastam pelo resto da vida do blog.

    O seu artigo leva esta questão a um conceito mais abrangente e muito importante. Muitos não têm consciência de que, ao criar um novo site ou mesmo um novo blog, têm a chance - e a obrigação - de tratá-lo como uma marca. Isso faz toda a diferença para o sucesso do projeto!

    Suas dicas são bastante valiosas!

    Um abraço!

    17/03/2012

    Responder
  • Jonatan

    Muito boa as dicas..
    Jonatan Souza
    blog: vidadegaroto-j.blogspot.com

    18/03/2012

    Responder
  • Nuno Brito

    Obrigado pelas dicas.
    Iniciei ha cerca de um ano um grande porjeto a escala mundial.
    Temos uma grande marca, patrocinada pelas grandes marcas.
    Em breve vamos ser o proximo Google mas ao nivel do comercio.
    Mais inf no meu blog: www.comercialamarelo.blogspot.com

    cumprimentos
    Dir.Nuno Brito

    08/05/2012

    Responder
  • Jennifer

    Parabéns pelo artigo me ajudou bastante, estou fazendo um estudo para criar uma marca e um logotipo a empresa do meu irmão que está iniciando e deu para ter bastante clareza do assunto.

    26/07/2012

    Responder
  • SHIGUE

    Luciano, bom dia!

    Excelente dicas!!! Parabéns!!!

    Estou justamente no momento de criar uma marca de destaque, no ramo de serviços bastante concorrido. Ex. Dr. Resolve, Marido de Aluguel e centenas de outras empresas.

    Gostaria da sua indicação de um profissional de bom nível, para me apoiar no desenvolvimento da miha marca.

    Na expectativa de seu retorno, desde já os meus agradecimentos.

    Abraços
    Shigue
    11 99196-1593

    24/10/2012

    Responder
  • Cristiane Pletsch

    Oi, Luciano!!!
    Estive lendo vários textos seus e, em algum deles, tinha uma imagem que me chamou a atenção, mas não lembro em qual foi. Era uma pessoa com um mega-fone mas toda feita de palavras! Vocêw podeira me ajudar a localizar?
    Sou de Porto Alegre e estudei Jornalismo na Ufrgs, mas não atuo na área (sou comissária de vôo!).
    Obrigada!

    01/03/2013

    Responder
  • VALDEZITO PRARES

    Oi Luciano. Parabéns e muito obrigado, valeu mais do que muitas palestras e seminários que participei. Preciso criar uma marca de bike se poder me ajudar, FICAREI GRATO.

    25/03/2013

    Responder
  • Agmar Rodrigues

    Estou fazendo TCC 1 no curso de publicidade e propaganda, e suas dicas me clarearam sobre o tema que escolhi, COMO CONSTRUIR UMA MARCA, valeu de mais. Obrigado. Agmar

    06/04/2013

    Responder
  • Helorrayne Rodrigues

    parabéns !!me ajudou bastante ,,,e continua ajudando...valeu...boa noite

    15/04/2013

    Responder
  • Aline Linhares

    ADOREI...MUITO INTERESSANTE, PELA PRIMEIRA VEZ AQUI EU JÁ AMEI DE CARA. TEXTOS FÁCIL, E CURTO PARA QUE NÃO SINTAMOS PREGUIÇA DE TERMINAR DE LER...NOSSA ESTOU MUITO SATISFEITA, AINDA NÃO POSSUO UMA MARCA, MAS JÁ QUERO COMEÇAR A LER SOBRE O ASSUNTO.

    23/05/2013

    Responder
  • JUSSARA

    Luciano, adorei sua forma clara e objetiva de comunicação. Realmente preocupar-se com conteúdo é um diferencial. Você me ajudou muito. Estou investindo em um negócio e preciso iniciar a construção da marca. abraços!

    22/06/2013

    Responder
  • Renata Bianchini Dias

    Ola;

    Meus parabens pelo artigo,muito interessante como é tratado esse assunto.
    Foi bem claro e objetivo.

    30/06/2013

    Responder
  • marcos

    muito bom

    22/07/2013

    Responder
  • Ingrid

    Adorei tbém achei os textos facil na compreenção e ótimas dicas....

    20/08/2013

    Responder
  • ary azv

    foi de extrema utilidade muito bom valeu

    12/09/2013

    Responder
  • Rui Pedro

    Bom dia,
    Fiquei agradado com o texto, embora ainda tenha duvidas relativamente a alguns pormenores.
    Por exemplo:
    Com quem devo-me aconselhar para a construção do meu símbolo;
    Quando eu tiver realmente certo que tipo de materiais vou utilizar na minha marca a quem posso pedir q os desenhe para q eu possa fazer publicidade ao produto;
    E onde estes produtos irão ser fabricados;
    Aguardo uma resposta para aqui ou para o meu e-mail: ruipedro_treinador_vfc@hotmail.com

    26/09/2013

    Responder
  • andre

    aprendi muito com essas dicas obrigado!

    26/11/2013

    Responder
  • HTHA

    PARABÉNS. EXCELENTES DICAS, MEU CARO!

    13/12/2013

    Responder
  • Vitor

    Muito grato excelente...

    09/03/2014

    Responder
  • NELSON LELIS

    Bom dia caros senhores , tenho uma distribuidora de queijos em bh de pequeno pore. laticinios esmeraldas queijos especiais, tem carro plotado e tudo. só que vejo que fica mais destacado e chamando a atençao o ploter e cores do que a marca da empresa. eles não conseguem fazer nada. aqui eles não tem a mesma visão que as suas, por favor me ajudem, o que eu faço. só querem receber o dinheiro e mostrar serviço nada . me ajudem a desenvolver minha logo, entrem no site.minha marca , por favor. conto muito com voes mesmo. que Deus toque e seu coraçõe.
    www.laticiniosesmeraldas.com.br

    05/04/2014

    Responder
  • Giva Kasawa

    Ola, sou Empresario, e gostaria de saber se podes me prestar uma assessoria:
    Segue me e-mail para maiores esclareciemntos.
    gi.vas@hotmail.com

    Desde ja agradeco a atencao.

    Atenciosamente

    Giva Kasawa

    08/05/2014

    Responder
  • jorge roberto

    parabéns , por passar para a população ,como se desse criar uma marca unica e se destacar na sociedade.

    01/06/2014

    Responder

Deixe seu comentário

Seu Gravatar

Rede Escolas Plus

  • Psicologia

    Artigos sobre Psicologia, Motivação e muito mais, de uma forma prática e simples que lhe permitem melhorar a sua vida pessoal e profissional.

  • Criatividade

    Melhore a sua Criatividade através de tutoriais de desenvolvimento web, webdesign, dicas de inspiração, e muito mais.

  • WordPress

    Torne seu WordPress numa verdadeira máquina com nossos artigos, templates exclusivos, plugins e tutoriais totalmente em português.

  • Dinheiro

    Aprenda como ganhar dinheiro na internet com sites e blogs, usando anúncios do Google, Programas de Afiliados, Email Marketing e muito mais.

  • Apostas

    Gostava de ganhar dinheiro com seus palpites sobre esportes? Siga nossos tutoriais e dicas sobre como fazer apostas esportivas.