Quais mídias sociais devo usar no meu negócio?

Essa é uma das perguntas que mais recebo dos seguidores, tanto aqui no Escola Freelaner quanto em minha página no Facebook. Atualmente, as opções são vastas e cada rede social possui particularidades e permitem diferentes tipos de criação de conteúdo em suas páginas. Enquanto o Twitter é altamente focado em textos curtos, o Instagram, Snapchat possuem mais foco em imagens e vídeos, algo que também já se espalhou por Facebook, o que inspirou a criação dessa lista com dicas específicas para suas publicações em vídeo.

Para decidir quais as melhores redes sociais para o seu negócio, sempre recomendo realizar diversos testes com os conteúdos de cada um e ir verificando quais estão funcionando melhor. Porém, antes disso, deixo abaixo uma descrição de algumas das maiores redes sociais existentes e quais tipos de conteúdo funcionam melhor de acordo com suas especificidades.

Facebook

De longe a rede social mais usada no mundo, pouco recomendável que fique de fora dela. Embora aderir à maioria das mídias sociais que serão citadas abaixo seja opcional, o Facebook é a exceção. Entenda o Facebook como a casa de seu negócio nas redes sociais, já que, além do mais popular, também é o que conta com opções mais abrangentes de publicações.

O Facebook também é um dos principais canais de comunicação entre seguidores e clientes de seu negócio. Por outro lado, essa abrangência também exige dedicação diária, com diferentes tipos de publicação para que não se torne repetitiva para os curtidores de sua página. Para tirar suas dúvidas sobre Facebook Marketing, não deixe de conferir essa lista com 20 das dúvidas mais comuns da rede social.

Outro ponto muito forte do Facebook são os anúncios. Com ele, você alcança seu potencial cliente muito rapidamente e com um custo extremamente baixo. Se quiser conferir todo o potencial dos anúncios de Facebook, confira 4 Aulas grátis que tenho sobre isso clicando aqui.

Twitter

Diferente do Facebook, o conteúdo que pode publicar no Twitter é mais limitado e, enquanto serve para diversos nichos, não possui quase presença alguma em outros. Foi o primeiro a trazer o recurso de busca através de hashtags, que também se popularizou no Instagram e continua sendo uma das funções mais usadas.

Com limite de 140 caracteres, o foco está no uso de mensagens curtas, embora ele também conte com a possibilidade de publicar imagens e vídeos. Recentemente, o Twitter tirou da contagem as menções a usuários (o @ precedido do nome de usuário) que precederem algum post, assim como os caracteres ocupados por links e imagens. As mudanças ainda estão sendo efetivadas e algumas já estão acontecendo, permitindo maior liberdade na confecção das publicações e na resposta a usuários.

Apesar de ser a mais antiga de todas as mídias sociais desta lista, o número de usuários e o tempo que cada usuário passa nessa rede social tem caído drasticamente.

Pinterest

Essa rede social é extremamente focada em negócios cujo foco estejam exclusivamente na imagem. Fora disso, não é necessário nem considerá-la. Por conta disso, recomendo o Pinterest apenas para empresas que atuem nas áreas de decoração e fotografia, por exemplo. A mídia social ainda é relativamente desconhecida e pouco usada no Brasil. No entanto, um estudo feito no início desse ano demonstrou que o Pinterest está em franco crescimento no país, dobrando sua base de usuários após seu lançamento no país em 2015.

O número de “pins” – o equivalente a um post em outras redes sociais – triplicou durante esse período, chegando a marca dos 400 milhões, de acordo com reportagem de março desse ano no site TecMundo. Grandes marcas brasileiras como a Tok&Stok, Elo7 e CyberCook já possuem presença no Pinterest, por exemplo.

Instagram

midias-sociais

Outra rede social focada em imagens, mas não tão “estreito” em relação aos tipos de publicações quanto o Pinterest, o Instagram também é uma das mídias sociais mais recomendadas por sua grande popularidade. Além disso, sua integração com o Facebook e com o Twitter permite que integre suas postagens, liberando-as em todas as redes sociais simultaneamente. Mas vale lembrar que essa ação nem sempre é recomendada, já que nem todo post funciona bem em todas.

O Instagram é uma das melhores opções para divulgar novos produtos – como faço constantemente em meu perfil – ou humanizar a sua marca, com fotos de sua equipe durante o trabalho ou em comemorações especiais, como aniversários. Também é possível publicar conteúdo em vídeo e histórias de maneira semelhante ao que acontece no Snapchat através do Instagram Stories. Não deixe de conferir meu guia completo de Instagram para negócios.

Outra funcionalidade interessante do Instagram são os Stories. Os Stories são publicações de apenas alguns segundos que desaparecem ao fim de 24 horas, ao contrário dos posts normais, que ficam para sempre disponíveis na sua conta.

Youtube

Embora os dias áureos nos quais o Youtube era o único rei no segmento de vídeo tenham acabado após outras redes sociais, não há como negar que o Youtube ainda reina, mesmo que com grande concorrência. O que o torna ainda uma ferramenta útil na produção de conteúdo é a possibilidade de encontrar vídeos no motor de busca, algo ainda impossível no Facebook e Instagram, por exemplo.

Se produzir conteúdo em vídeo faz parte de seus planos, é possível utilizar o serviço para aumentar o alcance de seus vídeos. Vídeos otimizados com SEO também possuem maiores chances de ranquearem bem e aparecer nas primeiras páginas de uma busca no próprio Google. A grande vantagem do Youtube está mesmo em estratégias de longo prazo. Enquanto no Facebook ou Snapchat o seu vídeo tem um pico de audiências no dia do lançamento e depois vai “morrendo”, no Youtube o processo é inverso: o boom não acontece no lançamento mas sim com a acumulação de views.

Dica: Quando falamos de vídeos, é importante que comece a inserir legendas nos seus vídeos. Os usuários consomem cada vez mais conteúdo no celular enquanto estão na rua e nessas situações desligam o som. Alertei sobre isso neste vídeo.

Snapchat

O Snapchat foi a “rede social de 2015” e mesmo nos aproximando do final de 2016 o aplicativo do fantasma ainda se encontra em ascensão meteórica..Uma das principais características dessa nova mídia é o conteúdo instantâneo que é produzido e armazenado: nenhuma publicação permanece disponível após 24 horas de publicada. O Snapchat é uma rede social amplamente utilizada por um público mais jovem, que demanda um conteúdo mais informal e autêntico, sem edições super profissionais e focadas em qualidade, como acontece no Pinterest e Instagram.

WhatsApp

Você deve estar se perguntando “Mas o WhatsApp não é apenas um mensageiro?” e sim, o WhatsApp serve apenas para troca de mensagens entre seus usuários, mas passa a contar como uma mídia social pela possibilidade de reunir grupos. O WhatsApp também pode servir como um canal de atendimento.

Diferente das outras mídias sociais mencionadas aqui, seu propósito é bem menos focado na divulgação de seu produto ou engajamento entre seguidores mas para comunicação interna em equipes de trabalho. Recentemente o WhatsApp lançou uma função que permite enviar uma notificação de mensagem para um ou mais usuários específicos dentro de um grupo.

A funcionalidade facilita a comunicação e permite que as mensagens não sejam perdidas com tanta facilidade. Ainda assim, vale lembrar que o Slack – que comentei neste post – já conta com essa função e é mais indicado para a comunicação interna e gerenciamento de equipes.

Quais mídias sociais usa atualmente em seu negócio?

Com essa grande variedade de escolhas, pode ser difícil escolher por qual rede social começar. A princípio, recomendo fortemente que já crie uma página de sua empresa no Facebook e comece por ali, testando as que parecem mais interessantes para seu negócio e avaliando os resultados.

Uma outra opção é se reunir e contratar um profissional de social media que possa fazer essa avaliação e testes por você, sempre lembrando que é importante que esse mesmo profissional deve possuir as habilidades que citei nesse post. Não esqueça de deixar um comentário falando sobre sua experiência de escolher quais são as melhores redes sociais para o seu negócio!

Artigos
Relacionados

Comentários (2)

Gostou desse artigo?

Partilhar Comentar

  • Diego Da Silva

    Adorei seu poste muito informativo foi de grande entendimento o que você nós mostrou aqui neste poste, gostei bastante ajudou muito !

    21/09/2016

    Responder
  • Eliana

    Gostei bastante! Texto objetivo. Obrigada!

    23/09/2016

    Responder

Deixe seu comentário

Seu Gravatar

Rede Escolas Plus

  • Psicologia

    Artigos sobre Psicologia, Motivação e muito mais, de uma forma prática e simples que lhe permitem melhorar a sua vida pessoal e profissional.

  • Criatividade

    Melhore a sua Criatividade através de tutoriais de desenvolvimento web, webdesign, dicas de inspiração, e muito mais.

  • WordPress

    Torne seu WordPress numa verdadeira máquina com nossos artigos, templates exclusivos, plugins e tutoriais totalmente em português.

  • Dinheiro

    Aprenda como ganhar dinheiro na internet com sites e blogs, usando anúncios do Google, Programas de Afiliados, Email Marketing e muito mais.

  • Apostas

    Gostava de ganhar dinheiro com seus palpites sobre esportes? Siga nossos tutoriais e dicas sobre como fazer apostas esportivas.