Técnica de Pomodoro: Melhorar a Produtividade

Existem inúmeras formas de melhorar a sua produtividade enquanto freelancer. A lei de Pareto é um delas. Mas existe outra que descobri há bem pouco tempo e que me pareceu bastante interessante partilhá-la com os leitores. Tem como nome técnica de Pomodoro. Além de ser aplicável a grande parte dos negócios, este método permite ajudar aqueles freelancers mais desorganizadas e para quem o tempo parece fugir entre os dedos. Existem pessoas que não conseguem controlar o que fazem, chegando ao final do dia com a sensação que pouco fizeram. Se você é um desses freelancers, a técnica de Pomodoro é para si.

Tal como todos os outros métodos, este também exige muita disciplina pessoal. Mas acima de tudo que você se comprometa com esta técnica, que acredite nela e que a siga à risca. Não se limite a ler o que vou escrever a seguir. Se achar este método interessante, depois de ler o artigo comece a aplicá-lo no momento. Não se torne um freelancer da teoria. O meu objetivo com todas as técnicas que ensino no Escola Freelancer é que as leia mas que de seguida siga para a prática.

EM QUE CONSISTE A TÉCNICA DE POMODORO?

Este método foi criada em 1992 por Francesco Cirillo. Durante o tempo de faculdade, este italiano tinha muito dificuldade em concentrar-se. Depois de olhar para o timer da cozinha em formato de tomate (Pomodoro em italiano), Cirillo decidiu testar em si mesmo se conseguiria estudar sem parar durante 10 minutos. Para isso, agarrou no seu timer e marcou então dez minutos, nos quais deveria estudar sem ter nenhuma interrupção pelo meio. Depois de vários estudos e de tentar melhorar o seu método, Cirillo conseguiu chegar a uma técnica que o permitiu ser um estudante muito mais produtivo. A técnica de Pomodoro consiste no seguinte:

  • Trabalhe numa tarefa durante 25 minutos sem parar. No final descanse 3 a 4 minutos
  • Faça isso durante quatro Pomodoros (4 vezes 25 minutos)
  • Depois disso faça uma pausa maior

Depois de cada tarefa, marque com um X num papel significando que essa tarefa foi concluída. Contudo, se no meio do seu Pomodoro tiver vontade de fazer alguma coisa (fechar a cortina, ir no banheiro ou beber água) marque ao lado da sua tarefa essa vontade e apenas a realize quando terminar o seu Pomodoro.

OBRIGA-O A ANOTAR TUDO O QUE VAI FAZER

A ténica de Pomodoro é bastante simples. Para poder realizá-la basta um papel, um caneta e um cronómetro. Funciona quase como se fosse uma agenda, obrigando-o a anotar o que vai fazer e definindo um timing para todas as suas tarefas.  O facto de escrever, faz com que visualize as suas metas diárias, aumentando as suas possibilidades de serem concluídas. Para quem não tem o hábito (ou a teimosia) de não anotar e programar o seu dia, esta técnica pode funcionar como uma obrigação.

DEFINE TIMINGS

A pressão pode ser sua aliada quando é bem utilizada. Ao definir como 25 minutos para realizar determinada tarefa, sente-se na obrigação de concluir o que se propôs, criando um stress positivo no seu trabalho. Isto é ótimo para quem gosta de enrolar no momento de fazer alguma coisa. Definir um limite obriga-o a estar mais focado na tarefa que tem de fazer, evitando distrações como o Facebook, email ou Twitter.

DESCANSE ENTRE AS TAREFAS

O tempo dos workaholics já passou. O que está agora na moda é ser produtivo, para que consiga ter tempo para si no final do dia de trabalho. Para que isso aconteça da melhor forma é essencial que consiga descansar para depois voltar mais produtivo para o trabalho. A técnica de Pomodoro obriga a isso mesmo: recuperar poucos depois de uma tarefa finalizada. Isso faz com que volte com a cabeça mais fresca para o seu objetivo seguinte, conseguindo deste modo melhores resultados no seu trabalho.

DEFINE PRIORIDADES

Um dos grandes problemas freelancers é terem demasiado trabalho e não saberem o que vão fazer com ele, tornando-os desorganizados e pouco produtivos. Ao escrever num papel as tarefas que tem para fazer, estará a definir prioridades. Está a dizer para si, “agora vou fazer isto e aquela tarefa pode esperar”. Por vezes perdemos tempo com objetivos pouco claros, que no final do dia prejudicam em muito a nossa organização. Tarefas como fechar a cortina ou arrumar a secretária são completamente secundárias e devem ser ignoradas até que a tarefa principal (produzir) esteja realizada.

Banner menor

NÃO SE ESQUECE DE NADA

Ao apontar que mais tarde deve realizar alguma coisa, impede que você se esqueça daquilo que tem de fazer. Além disso, alivia a sua mente deixando-a livre para que se consiga concentrar apenas no trabalho que está a fazer. Pode parecer pouco importante, mas muitas vezes acabamos por “bloquear” pois temos que pensar em muitas coisas que devemos realizar e tudo ao mesmo tempo. Mesmo que não estejam na nossa mente naquele momento, acabam por nos perturbar. Funciona exactamente como um computador. Podem existir programas que não estamos a utilizar, mas só o fato de ter que os manter ligados acabam por consumir recursos ao nosso computador.

MANTÉM-NO MOTIVADO

Ao olhar para um papel e ver várias coisas ao fim de poucas horas realizadas, faz com que se sinta motivado para seguir para a tarefa seguinte. No Escola Freelancer sempre me mostrei contra listas demasiado grandes. Elas fazem-no perdem a noção do que deve ser feito mas acima de tudo contribuem para que se sinta frustrado com os objetivos que não concluiu. Portanto, é importante que faça listas pequenas mas que sejam fáceis de concluir. E nisso a técnica de Pomodoro é eximia.

SIMPLICIDADE

A simplicidade deste método é enorme. Apenas precisa de um cronómetro, papel e caneta. Existe quem defenda a utilização de grande aplicações de software para conseguir organizar as suas tarefas. Eu sou contra isso. Para mim um papel e uma caneta sempre foram mais que suficientes. Contudo e para os fanáticos por novas tecnologias, deixo aqui alguns softwares que podem ajudá-lo a lembrar quando terminam os 25 minutos:

O POMODORO É EFICAZ?

Confesso que experimentei esta técnica em algumas tarefas nos últimos dias, pois só tive conhecimento dela há pouco tempo. Em tudo o que realizei, ela pareceu-me bastante eficaz. Tal como referi acima, tem inúmeras vantagens e pode realmente ajudar a todos aqueles que não se dão bem com as outras formas de gerir o tempo. Contudo, também apresenta desvantagens que a meu ver impedem que esteja mais conceituada a nível individual. Tais como:

Obriga-o a anotar demasiadas vezes

Apesar de ajudar a aliviar os seus pensamentos daquela ideia, a verdade é que o fato de ter que apontar cada vez que uma coisa lhe vem à cabeça faz com que perca certamente bastante tempo ao final do dia. Todas somadas, talvez lhe custo um Pomodoro ao final do dia.

Assume que a concentração dura apenas 25 minutos

É verdade que à medida que o tempo vai passando a nossa capacidade de concentração vai diminuindo. São coisas proporcionais que não podemos evitar. Contudo, isto irá sempre diferenciar de caso para caso. No meu caso, consigo estar concentrado durante uma hora sem sequer desviar o olhar, desde que tenha uns fones nos ouvidos. Considero que durante esse tempo consigo ser bastante produtivo. Se assumimos que 25 minutos é o nosso tempo máximo de concentração, pode impedir-nos de desenvolver essa nossa capacidade. Cada caso é um caso mas penso que apenas 25 minutos será subestimar a capacidade muitos freelancers.

A máquina tem que reiniciar muitas vezes

Quando se inicia uma tarefa, o nosso cérebro demora sempre alguns minutos até conseguir estar 100% concentrado para começar a realizá-la. Portanto, se obrigamos a que ele tenha essa função a cada meia-hora, significa que em cada 25 minutos estamos a perder 2, pois esperamos essa tempo até que o nosso cérebro assuma 100% da sua capacidade para aquela tarefa.

O QUE ACHOU DESTA TÉCNICA?

A técnica de Pomodoro é bastante interessante, não haja dúvida. Acredito que funcione com você. Mas ao mesmo tempo assumo que possa não ser a melhor para si. Talvez o leitor consiga ser mais produtivo se trabalhar durante 40 minutos e definir isso como um Pomodoro para si. Cada caso é um caso e não devemos ser cegos ao ponto de realizarmos uma determinada técnica só porque ela é assim. O que aconselho o leitor a fazer é adaptar-se à técnica de Pomodoro conforme as suas capacidades. Para si 25 minutos é o tempo ideal? Perfeito! E se for 30 ou 40? Também não existe problema. O importante é seguir as linhas básicas: anotar as tarefas, fazer intervalos ou realizar listas curtas. O resto é conversa.

E o leitor, o que achou desta técnica? Acha que se adequa a si? Comente!

Abraço

Artigos
Relacionados

Comentários (50)

Gostou desse artigo?

Partilhar Comentar

  • Xavier Costa

    Vou pôr em prática e depois dou novidades!! :D

    07/02/2011

    Responder
    • Xavier,

      Experimenta e depois conta aqui ao pessoal como correu=)

      Abraço

      08/02/2011 Luciano Larrossa

      Responder
  • Neemias

    A meu ver é uma ótima técnica, também vou por em prática. Acredito que o Pamodoro pode ser aplicado a diferentes áreas, como estudos, e outros mais. A organização é algo que estimo muito, mas às vezes falho em alguns aspectos.

    07/02/2011

    Responder
    • Neemias,

      Experimentar é a melhor forma de saber se ela resulta ou não. Eu experimentei em algumas áreas. Numas deu certo, em outras nem tanto. O importante é fazermos as nossas próprias experiências e saber o que resulta para nós. Depois conte-nos como foi!

      Abraço

      08/02/2011 Luciano Larrossa

      Responder
  • Tiago Facco

    Gostei muito da Técnica de Pomodoro, mas em trabalho de desenvolvimento de software ele ser revisto para funcionar com os atrasos que ocorrem ao resolver alguns problemas de programação. O que faço atualmente para concluir o meu dia de trabalho é planejá-lo no dia anterior e principalmente aos domingos a noite para ter uma visão de como será a semana. A única ferramenta que uso é o indispensável iCal.

    Abraços

    07/02/2011

    Responder
    • Tiago,

      Obrigado pelo seu comentário. Como disse na conclusão do artigo, esta técnica deve ser aplicada a cada caso, pois 25 minutos podem ser suficientes para uma área mas para outras nem tanto. De que se trata o iCal Tiago?

      Abraço

      08/02/2011 Luciano Larrossa

      Responder
      • Olá Luciano!

        O iCal é o calendário simples que vem junto com o MacOS X. Nele organizo todas as tarefas do dia por horário e categoria (pessoal, trabalho, etc). Ele ajuda a enxergar o meu dia e minha semana de trabalho, mas o que garante mesmo a produtividade é a disciplina!

        Abraços

        08/02/2011 Tiago Facco

        Responder
        • Tiago,

          Muito interessante. Infelizmente não tenho nenhuma Mac para experimentar. Mas será uma das aquisições do futuro e deixarei uma nota para experimentar=)

          Abraço e obrigado por partilhar o seu conhecimento

          09/02/2011 Luciano Larrossa

          Responder
  • Marcelino Lamas

    É uma técnica interessante, mas como faz referência, as pausas como são identificadas podem quebrar o raciocínio e/ou a inspiração. Será que continuaria a ser chamada de técnica de Pomodoro se o tempo de trabalho fosse dividido em espaços de tempo diferentes, mantendo todo o resto constante?

    É que poderia ser utilizada na mesma, efectuando os registos e tudo o mais, mas os espaços de tempo serem conforme o workflow que necessitarmos.

    Que pensa(m) desta questão?

    08/02/2011

    Responder
    • Marcelino,

      Como referi na parte final do artigo, as constantes interrupções podem matar o seu raciocínio. Devido a isso, também sugeri que quem conseguisse, aumentasse o tempo de capa Pomodoro para o que achasse mais conveniente.

      Se isso faz com que a técnica se continue a chamar Pomodoro ou não, pensa não ser relevante, pois o mais importante será sempre o efeito prático que conseguimos retirar dela. Portanto, Pomodoro ou não, o importante é que você a adapte e ela continue a funcionar para si=)

      Abraço

      08/02/2011 Luciano Larrossa

      Responder
  • David Silva

    Boas,

    Eu não sabia o que era até à semana passada, há uma empresa que desenvolveu um para o Iphone.

    Deixo-vos aqui o link:
    http://pomodoro.thinkorange.pt/

    O seu artigo está muito bem explicado, eu por acaso ainda não pus em prática.

    Vou fazê-lo hoje mesmo.

    Cumprimentos,
    David Silva

    08/02/2011

    Responder
    • David Silva,

      Espero que já tenha colocado em prática. Depois diga-nos como foi=)

      Abraço

      P.S. E o seu site, tem feito sucesso?

      11/03/2011 Luciano Larrossa

      Responder
      • Boas,

        O meu site tem feito algum sucesso, recebi algumas propostas, no entanto optei por um estágio para aprofundar os meus conhecimentos em Ruby on Rails.


        Tenho estado a seguir levemente o blog, continua a escrever bons artigos.

        Cumprimentos,
        David Silva

        14/03/2011 David

        Responder
  • Tomé M.

    É curioso que eu fiquei a conhecer este Processo para aumento de Produtividade também à pouco tempo. Parece que temos as mesmas fontes...quiçá.

    No entanto fiquei a conhecer o Pomodoro com recurso a outras aplicação que podem baixar aqui:

    - http://www.focusboosterapp.com/download
    ou a Versão Online:
    http://www.focusboosterapp.com/live

    Fiz recentemente um trabalho em regime Freelancer e tentei experimentar a técnica Pomodoro, mas com os timings regulados às minhas capacidades.
    Gostei da experiência, e nota-se ao fim de algum tempo que ficamos mais focados no que realmente devemos estar focados!

    Recomendo!

    08/02/2011

    Responder
    • Focus Buster é o melhor.

      11/02/2011 Paulo Wesley

      Responder
      • Eu por acaso também gostei de usar e é muito simples.

        11/02/2011 Tomé M.

        Responder
    • Tomé,

      Eu esta técnica já conhecia há alguma tempo, pois li num livro. Mas só agora é dei para pesquisar um pouco mais sobre ela=) Relativamente ao focusbooster, irei experimentá-lo e depois digo algo.

      Abraço

      11/03/2011 Luciano Larrossa

      Responder
  • Ana Reis

    Olá Luciano,
    Parece-me uma técnica interessante. Obrigada por a partilhares connosco.

    Sinceramente, eu faço parte daquele grupo de pessoas que quando não tem muito para fazer acaba por não fazer nada. Mas quando tenho um dia cheio sou até capaz de superar as minhas expectativas. E isso é frustrante, porque só me consigo concentrar naquilo que é urgente e deixo de lado coisas que, muitas vezes, são mais importantes.

    Vou com certeza experimentar esta técnica. Uma vez que a minha capacidade de concentração flutua. Tenho dias que sou capaz de estar concentrada durante 3horas se for preciso e outros que nem 15minutos aguento. Por isso, o que me falta é mesmo consistência, porque sem ela duvido que seja capaz de continuar a crescer como escritora.

    Parabéns pelo artigo,
    Um abraço.

    08/02/2011

    Responder
    • Ana Reis,

      Essa sua dificuldade é um problema de grande parte da população acredite! As pessoas revelam pouca capacidade para se concentrarem. Isso é normal. Contudo, essa característica pode ser treinada. Necessita apenas de muita disciplina pessoal.

      E a técnica de Pomodoro pode ser um excelente princípio, visto que concentra-se de 25 em 25 minutos, o que me parece uma quantidade de tempo bastante razoável. Diria fácil até de se conseguir cumprir.

      Quanto à parte de apenas sentir necessidade de trabalhar quando está sob pressão, aconselho que você crie pressão sobre você mesma. Diga para si que tem de terminar um determinado número de tarefas até ao final do dia. Se não o conseguir fazer, castigue-se a si mesmo retirando uma coisa que gosta de fazer. É necessário é disciplina pessoal para o cumprir.

      Abraço e boa sorte!

      11/03/2011 Luciano Larrossa

      Responder
  • Ana Cardoso

    Realmente acredito que 25 minutos acaba por ser pouco tempo, mas ainda ontem estava a pensar que de tarde me disperso imenso porque as minhas tarefas nunca estão tão definidas como de manhã. Amanhã vou começar a usar esta técnica, definido as tarefas e o tempo em que têm de ser realizadas.

    Aproveito para dar os Parabéns pelo excelente trabalho desenvolvido nesta escola :D

    08/02/2011

    Responder
  • Alessander Raker

    Irei utilizar a tecnica em um tempo maior e ver os resultados. Estou gostando muito da escola e das dicas realmente práticas.

    Um abraço Luciano

    08/02/2011

    Responder
    • Alessander,

      Já faz algum tempo que deixou o comentário. Já experimentou a técnica? O que achou?

      Abraço

      11/03/2011 Luciano Larrossa

      Responder
  • Tomé M.

    Mais uma dica:

    Não tem muito a haver com o Método Pomodoro, mas é uma ferramenta a explorar.

    - Chrometa 2.0

    Eu já tenho licença e vou agora testar a fundo.

    Abraço

    18/02/2011

    Responder
    • Tomé,

      O que tem achado do Chrometa?

      Abraço

      11/03/2011 Luciano Larrossa

      Responder
  • Felipe Trombini

    Muito boa a técnica. Como citado, cada um tem um tempo.
    O meu tem girado em torno de 30 minutos de trabalho,
    10 de descanso.

    E deixo minha sugestão de forma de medir o tempo: Cook Timer

    http://portableapps.com/news/2011-04-06_-_cook_timer_portable_0.9.3_released

    Ele pode ser ajustado, é muito leve, gratis, e produz um som semelhante a um despertador no fim do tempo programado.

    Forte abraço a todos...

    18/06/2011

    Responder
    • Felipe,

      Excelente dica a do CookTimer, com certeza será uma mais-valia para as pessoas que visitarem este artigo sobre produtividade. E espero que continue com toda essa disciplina=)

      Abraço

      Uma dica: aos pouco tente diminuir o dez minutos de intervalo para cinco. Verá que talvez não preciso assim de tanto tempo de descanso =)

      18/06/2011 Luciano Larrossa

      Responder
  • Joseph

    Opa.. copiei no meu Pen Drive Felipe. Obrigado.

    Olá Luciano

    A parte da anotação eu já uso e é muito eficaz, e confesso que sinto uma satisfação em ver minha lista de afazeres diminuir e com isso ganho "energia" pelo fato de ter concluído a meta que estabeleci fazendo com que possa concluir a outra lista com a mesma satisfação e dedicação.


    Essa ferramenta com certeza vai aperfeiçoar minha lista de afazeres.



    Abraço a todos e obrigado pela matéria Luciano está show.

    12/09/2011

    Responder
    • Joseph,

      A meu ver, essa é mesmo a grande vantagem deste género de técnicas. Você vai riscando conforme está concluído, ganhando mais motivação para a tarefa seguinte. Eu adaptei a Pomodoro mais ou menos ao meu ritmo de vida e tem me dado resultados fantásticos. Espero que isso também esteja acontecendo com você =)

      Abraço e agradeço os elogios!

      13/11/2011 Luciano Larrossa

      Responder
  • dilson manjenje

    Mto bom o artigo....
    O navegador Chrome tem uma extensão, o Chromodoro, que foi criado exactamente como timer para está tecnica...
    Abraços

    29/09/2011

    Responder
    • Dilson,

      Obrigado por comentar. Sim, pouco depois de escrever o artigo andei procurando por extensões e encontrei essa. Agora não passo sem ela. De qualquer das formas, valeu pela dica!

      Abraço

      13/11/2011 Luciano Larrossa

      Responder
  • Bruno César Bulnes

    Muito bom! Vou colocar em prática imediatamente.

    10/11/2011

    Responder
    • Bruno,

      Coloque e vai ver a diferença no próprio dia!

      Abraço

      13/11/2011 Luciano Larrossa

      Responder
  • Matheus

    É uma ótima técnica, venho usando-a, acho que os 25 minutos são ideais. Os resultados tem sido ótimos, rendimento é bem maior...
    Enfim, hoje começei a utilizar focus booster, me parece bastante bom!
    Abraços,

    Matheus

    27/12/2011

    Responder
  • Ivan Gualberto

    Muito boa a matéria, vou colocar em prática, depois falo como foi minha experiência.. a propósito a produtividade é uma das minhas preocupações e esquecer tarefas e compromissos o maior desafio, fiz uma experiência e comecei a marcar compromissos do dia a dia no Google agenda e minha experiência foi fantástica consegui muito mais organização em minhas tarefas já que quando se trata em escrever em agenda a mão eu sempre esqueço.
    um abraço sucesso a todos!

    31/12/2011

    Responder
  • Leonardo Alves

    Gostei muito deste artigo, não conhecia esta técnica e achei que se bem aplicada deve produzir bons resultados.
    Quanto a mim tenho muita facilidade de dispersão, as vezes me pego fazendo até 3 coisas ao mesmo tempo e isso às vezes prejudica a produtividade.
    Vou testar a técnica e posteriormente comentarei sobre minhas impressões.

    10/07/2012

    Responder
  • Rodrigo Monteiro

    Já uso a ideia do checklist há algum tempo, mas confesso que sou meio esquecido. Eu uso o checklist sempre que sei que tenho muita coisa a fazer no dia. Nos dias que estou mais sossegado, acabo me esquecendo e, com isso, perco muito em produtividade.

    Comecei a adotar esse método já e para me ajudar a lembrar de usar o checklist sempre, eu deixei um bloquinho de post-its junto com o teclado do computador. Assim, quando começo a trabalhar de manhã, já vou anotando tudo o que preciso fazer no dia.

    Senti um aumento de produtividade nessa técnica na primeira tentativa. Agora vou focar em utilizá-la todos os dias e tentar aumentar o resultado.

    Obrigado pela excelente dica!

    07/08/2013

    Responder
  • Daniel Lucas

    Boa tarde Luciano,

    Gostei muito do artigo, confesso que venho procurando controlar melhor meu tempo tanto profissional quanto pessoalmente, tentei o papel, Excel, alguns app mas ate então não tive 100% de satisfação.
    Lerei mais sobre as outras técnicas futuramente,mas começarei por essa pois se encaixa com o que venho tentando nos últimos tempos.
    Estudo Administração, e como serei um bom gestor se não controlo meu tempo?
    Muito obrigado!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    22/08/2013

    Responder
  • Regiane

    Achei muito interessante esse artigo.
    Sugiro também que vejam no you tube vídeo sobre a produtividade ninja.
    Regiane.

    15/10/2013

    Responder
  • Paulo Rodrigo

    Cara vo colocar tudo em prática a partir de amanhã desde já agradeço axei mto interessante!!!!
    após uma semana volto pra postar os resultados ok...
    Vlw

    04/11/2013

    Responder
  • Moacyr Pimenta

    Vou tentar a técnica do Pomodoro e te dou o feedback...

    03/01/2014

    Responder
  • Luciana Vianna

    Achei a técnica bem interessante e eu concordo contigo naquilo que relativo ao tempo de concentração. Vou testá-la e voltarei aqui para deixar as minha impressões sobre a técnica.

    08/08/2014

    Responder
  • Javyvaldo

    Ainda não apliquei a técnica, pois, estudei ela a pouco, no entanto, achei interessante e acho que vai me ajudar bastante.

    16/01/2015

    Responder
  • Jhow

    Gostei desta matéria so que na minha vida e mt agitada nao consigo me concentrar no trabalho e nem em casa pelo que eu vi na matéria temos que se fastar de estímulos externos pq depende da pessoa que consegue se concentrar com barulhos externos ou algo tipo mas e Muito boa a matéria, vou colocar em prática, depois falo como foi minha experiência.

    10/04/2015

    Responder
  • José Angelo Botelho

    Bom dia Luciano,

    Encontrei vários Pomodoros para Android, e o que foi melhor avaliado se chama "Relógio de Tomate" da phlam, pode ter seu tempo customizado conforme você sugeriu na matéria.

    Abs,

    Botelho

    18/06/2015

    Responder
  • Oswaldo

    Cara,muito bom!!!

    Vou aplicar para a minha leitura.

    Valeu Luciano.

    Abraços!

    14/01/2016

    Responder
  • Aldeneide Paiva

    Oi!
    Eu me identifique bastante com a Ana Reis acima... Sou igualzinha! Vou adotar a técnica desde já e espero superar essa dificuldade de remir o tempo. Mando notícias assim q possível, claro. Obrigada por compartilhar, Luciano.

    08/06/2016

    Responder
  • Dennis Rodrigues

    Excelentes dicas, irei tentar!

    14/06/2016

    Responder
  • Dennis

    Excelente Post!

    22/07/2016

    Responder
  • Ana Cristina Cataldo

    Boa noite.
    Estou conhecendo as técnicas do Coaching e encontrei a "técnica de Pomodoro" em um exercício. Achei interessante a técnica e nunca havia ouvido falar. Vou testar e depois retornarei.
    Como trabalho em comércio, acredito que deva encontrar dificuldades pra realização da técnica. Será uma boa experiência , caso consiga executá~la.

    08/08/2016

    Responder
  • Gilberto Manuel

    Boa noite achei top o post e pretendendo desde já aplicar essa técnica.

    07/09/2016

    Responder

Deixe seu comentário

Seu Gravatar

Rede Escolas Plus

  • Psicologia

    Artigos sobre Psicologia, Motivação e muito mais, de uma forma prática e simples que lhe permitem melhorar a sua vida pessoal e profissional.

  • Criatividade

    Melhore a sua Criatividade através de tutoriais de desenvolvimento web, webdesign, dicas de inspiração, e muito mais.

  • WordPress

    Torne seu WordPress numa verdadeira máquina com nossos artigos, templates exclusivos, plugins e tutoriais totalmente em português.

  • Dinheiro

    Aprenda como ganhar dinheiro na internet com sites e blogs, usando anúncios do Google, Programas de Afiliados, Email Marketing e muito mais.

  • Apostas

    Gostava de ganhar dinheiro com seus palpites sobre esportes? Siga nossos tutoriais e dicas sobre como fazer apostas esportivas.